Pistões forjados

O estado-da-arte em esportes motorizados é agora usado em motores de produção em série para altas cargas: o pistão forjado. Para a mesma liga, eles têm uma microestrutura mais fina que os pistões fundidos. O processo de produção resulta em maior resistência. O resultado é que os pistões forjados podem enfrentar até mesmo as altas cargas dos motores usados em competições, além daqueles com potência específica excepcionalmente alta. Atualmente eles já estão sendo usados em veículos esportivos de série com potência específica de mais de 130 kW/l. Uma outra vantagem dos pistões forjados é o potencial para produzir paredes mais finas, reduzindo assim o peso.