Aquecedores e sensores elétricos

Os aquecedores elétricos MAHLE são usados em motores diesel e etanol, em veículos de passeio e comerciais, para partida a frio e operação sob baixas temperaturas ambiente. Em motores diesel, eles asseguram que a fluxabilidade seja mantida e previnem a coagulação de componentes do combustível que poderiam levar à obstrução do filtro. Em motores etanol, os aquecedores MAHLE melhoram significativamente a crítica partida a frio.

Ao projetar os aquecedores, a MAHLE Drew se vale da ampla base de conhecimento da companhia na área de sistemas de combustível, conseguindo assim um elevado nível de integração no módulo do filtro de combustível. Outras características notáveis dos aquecedores incluem baixa perda de pressão durante a transferência de calor para o meio, projeto robusto que separa câmaras para a eletrônica e o elemento de aquecimento, baixo requisito de energia e alta potência de saída (600 W). O aquecedor é controlado pela eletrônica integrada do motor ou pelo sistema de gerenciamento do motor. O elemento de aquecimento é baseado em moderna tecnologia de resistência com um coeficiente positivo de temperatura (PTC) e a proteção integrada contra sobreaquecimento garante segurança máxima. Com seu projeto modular, os aquecedores elétricos da MAHLE podem ser adaptados com flexibilidade aos requisitos específicos dos fabricantes de veículos de passeio e comerciais.

Aquecedores elétricos de blow-by são usados em linhas de ar e blow-by a fim de prevenir a formação de gelo.

Os aquecedores MAHLE usam tecnologia PTC e estão disponíveis em variantes modulares tais como aquecedores de barra, aquecedores plug-in (isolados) e soluções que podem ser integradas ao compartimento do filtro. A faixa de potência fica entre 200 e 600 W e a taxa máxima de fluxo é 200 l/h. Diversos conceitos de controle, tais como termochaves, chaves eletrônicas e controles independentes usando pressão e temperatura, são possíveis. As vantagens dos aquecedores MAHLE são a função de aquecimento otimizada e o potencial para um alto nível de integração na periferia do motor.

Sensores de quantidade de água

Os sensores MAHLE de quantidade de água para módulos de filtro de combustível determinam se excesso de fluido foi coletado no módulo durante a operação, assegurando assim operação confiável do filtro durante toda a vida útil do veículo. Com a inovadora e patenteada tecnologia MAHLE, os elementos do sensor são feitos de plástico condutivo ao invés de metal, evitando que ocorram problemas de eletrólise. Esta característica, combinada com um conceito de junta baseado em moldagem por injeção de dois componentes, agrega robustez ao projeto.

Sua ampla faixa de tensão de operação, de 9 a 36 V, torna os sensores adequados para uma ampla gama de aplicações em veículos de passeio e comerciais. Graças ao abrangente conhecimento da MAHLE em sistema de filtros de combustível, no desenvolvimento dos sensores foi possível conseguir um alto nível de integração de sistemas. Além disso, a plataforma do sensor pode ser flexivelmente adaptada aos requisitos de diferentes aplicações em veículos de passeio e comerciais por meio de adaptações no comprimento do elemento do sensor e contatos de conexão, por exemplo. Disponível em formato analógico ou digital, o sistema eletrônico de controle do sensor oferece diversas funções agregadas, tais como opções de diagnóstico.