MAHLE amplia sua cooperação com a Scuderia Ferrari

A MAHLE está expandindo sua cooperação com a Scuderia Ferrari, na Fórmula 1, com um acordo de longo prazo que inclui o desenvolvimento e fornecimento de componentes fundamentais para o motor.

Press release

 

Stuttgart, março de 2016 - "Consideramos a MAHLE um parceiro importantíssimo no desenvolvimento contínuo dos nossos motores. Apreciamos não somente seu elevado nível de especialização tecnológica, mas também a sua excepcional confiabilidade", explica James Allison, diretor técnico da Scuderia Ferrari. O âmbito da cooperação inclui a optimização do mecanismo do virabrequim e o desenvolvimento de materiais de alta performance. "O compromisso da nossa empresa com as competições tem uma tradição de décadas, e muitos dos nossos desenvolvimentos contribuíram para que os motores dos carros de série ficassem cada vez mais potentes e, ao mesmo tempo, mais econômicos", enfatiza Wolf-Henning Scheider, CEO e Presidente do Conselho de Administração da MAHLE.

Para este projeto, por exemplo, a MAHLE desenvolveu e fabricou pistões forjados de alta resistência, além de otimizar ligas de alumínio e reforços de proteção. Essa lista foi complementada por anéis de baixo atrito, pinos de pistão de aço extremamente resistentes, bem como revestimentos de cilindros do motor que reduzem o atrito e são resistentes ao desgaste. "A nova geração de motores V6 turbo, hibridizados, apresenta desafios muito específicos," diz Fred Türk, Vice-Presidente da MAHLE Motorsports.

O desenvolvimento de componentes para a Ferrari também inclui processos de combustão extremamente inovadores. A MAHLE, pela primeira vez, está usando uma solução patenteada que leva a um aumento significativo da eficiência. O novo processo de combustão com mistura pobre, denominado MAHLE Jet Ignition, consegue isso com uma superfície especial de queima. Assim, uma maior potência é gerada, tornando a tecnologia especialmente eficaz para o uso no automobilismo. Por sua vez, a MAHLE também tem planos de desenvolver essa tecnologia para veículos de série, onde tem conseguido níveis de eficiência que normalmente só são encontrados em motores a diesel. Este exemplo demonstra que o automobilismo continua a ser um grande descobridor de tecnologias. "As exigências extremas a que estes veículos são submetidos são o ponto de partida para muitas soluções inovadoras, que numa fase posterior, passam a ser usadas em veículos de produção em série", enfatiza Türk. O compromisso com o automobilismo tem sido, portanto, parte da estratégia global da MAHLE há décadas.

O exemplo mais recente é o pistão de aço que colaborou para a vitória em Le Mans - corrida de longa duração - no ano passado. Agora, eles estão sendo instalados nos novos motores diesel de 1,5 e 1,6 litro da Renault, que atendem a norma Euro 6. A MAHLE tem estado presente em várias das categorias do automobilismo mundial por muitas décadas. Ao todo, mais de 300 engenheiros e pesquisadores das áreas de Serviços de Engenharia, Motorsports e Aplicações Especiais estão trabalhando na busca por novas soluções, que posteriormente serão implementadas nas linhas de produção em série da MAHLE.

Sobre a MAHLE

A MAHLE é líder internacional no fornecimento para a indústria automotiva. Com seus produtos para motores de combustão, seus periféricos, bem como soluções para veículos eléctricos, o Grupo aborda todas as questões cruciais relacionadas com sistemas para motores, componentes para filtração e gerenciamento térmico. Os produtos MAHLE são montados a cada segundo em veículos de todo o mundo. Componentes e sistemas MAHLE também são usados em veículos fora da estrada - em aplicações estacionárias, máquinas móveis, assim como em estradas de ferro, náutica e aplicações aeroespaciais. Em 2015, o Grupo empregava em torno de 75 mil funcionários (até 31/12/2015) e anunciou vendas preliminares ao redor de € 11,5 bilhões. Hoje, a MAHLE está representada em mais de 30 países com 170 locais de produção. Nos 15 maiores centros de desenvolvimento localizados na Alemanha, Grã-Bretanha, Luxemburgo, Eslovénia, EUA, Brasil, Japão, China e Índia, mais de 5.000 engenheiros de desenvolvimento e técnicos estão trabalhando em soluções inovadoras.